Publica, na revista «Amatus Lusitanus», o trabalho «Notas sobre a teoria da circulação normal e patológica I – Dinâmica arterial. A teoria de Windkessel», e mais tarde, o trabalho «Sobre leucemias».

 

O interesse pela aplicação da matemática à medicina leva-o a fazer uma extraordinária preparação matemática com a ajuda de Bento de Jesus Caraça, amigo de longa data e, depois, continuada com Mário de Alenquer, um dos seus discípulos mais jovens.