Carta ao diretor da Faculdade de Medicina em defesa do prossectorado do Hospital Escolar e consegue a contratação do Professor Wohlwill, distinto patologista que deixava a Alemanha nazi.

É o início de uma frutuosa colaboração e marca uma mudança decisiva na abordagem dos problemas clínicos dando ênfase à correlação anatomopatológica-clínica e aos mecanismos fisiopatológicos, como base da interpretação precisa dos quadros clínicos.

A 27 de Julho, vivendo a família na Rua S. Filipe Nery ao Rato, nasce o seu filho mais novo, José Maria, tendo Francisco Pulido Valente 51 anos.