A Fundação

A Fundação Professor Francisco Pulido Valente [FPFPV] foi criada em 16 de abril de 1991 por um grupo dos seus herdeiros com o objetivo de promover o conhecimento científico, a cultura e a cidadania, no respeito pelos valores que caracterizaram a figura e a obra do Professor Pulido Valente – a curiosidade científica e o rigor intelectual, o interesse pelas artes, a liberdade de pensamento e a responsabilidade social.

A Fundação tem desenvolvido a sua atividade ao longo quase três décadas, através da atribuição de dois prémios anuais, o Prémio Pulido Valente Ensino, no valor de 3 mil euros (desde 1993), e o Prémio Pulido Valente Ciência, em parceria com a Fundação para a Ciência e Tecnologia, que entrega 10 mil euros (desde 2003). O órgão soberano da instituição é o Conselho de Curadores, sendo os demais órgãos o Diretor Executivo, o Conselho de Administração, o Conselho Fiscal e o Conselho Consultivo.

A escritura que cria a FPFPV encontra-se no Diário da República III série Nº272 e a respetiva Portaria no Diário da República II série N.º207 em 8 de Setembro de 1992. A Fundação obteve o estatuto de Instituição de Utilidade Pública por despacho conjunto dos Ministérios da Cultura e Finanças datado de 24 de Setembro de 1999 e publicado no Diário da República, III Série N.º286 de 10 de Dezembro de 1999, atualizado em 2019 pelo Despacho n.º 6431/de 14 de junho, do Gabinete do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, publicado no nº135 do Diário da República, 2ª série, a 17 de julho de 2019.