Por Despacho n.º 6431/2019, de 14 de junho, saído em DR.II, n.º 135, de 17.7.2019, foi confirmado o estatuto de Utilidade Pública atribuído à Fundação Professor Francisco Pulido Valente,  com validade por cinco anos. Depois de quatro anos de um longo processo de verificação das condições de cumprimento da lei das Fundações e análise da actividade da Fundação a Presidência do Conselho de Ministros, através do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, deu continuidade ao reconhecimento de instituição de utilidade pública que foi inicialmente atribuído em 1996. No despacho é reconhecido o trabalho desenvolvido pela Fundação ao longo dos seus vinte e ste anos de existência. Na justificação é referido o seguinte: Ao longo da sua existência, a Fundação Francisco Pulido Valente tem-se dedicado essencialmente a promover a investigação científica através da atribuição de dois prémios monetários anuais na área do ensino e da ciência, um dos quais em parceria com uma entidade pública — a Fundação para a Ciência e Tecnologia, I. P. Estão em causa prémios de prestígio entre a comunidade científica e médica, que estimulam a investigação e o desenvolvimento científico no domínio das ciências biomédicas e contribuem para a progressão do conhecimento na área da saúde. Por outro lado, a cooperação institucional revela -se uma mais-valia para a promoção e avanço do conhecimento científico e do desenvolvimento tecnológico. Gostaríamos de realçar que o Prémio Ensino resulta de uma parceria com a Faculdade de Medicina de Lisboa e vem desde o ano de 1993. Também é oportuno referir que a Fundação tem estado a alargar a sua actuação a outras áreas que se enquadram na sua missão de acordo com os estatutos.