Patrono A Fundação Prémio Ensino Prémio Ciência Biblioteca e Espólio Agenda Contactos e Informações
Homepage, Destaques

Bblioteca e Espólio

 

Biblioteca

Constituição da Biblioteca

A biblioteca aqui referida não é pertença da Fundação mas sim de Fernando Pulido Valente e Maria Beatriz Pulido Valente, herdeiros da mesma. Contudo, a importância de tal colecção de livros não poderia deixar de constar no site que pretende acima de tudo divulgar e disponibilizar o máximo de informação relativa ao patrono, seus interesses e convivências.
Da biblioteca referida fazem parte diversos livros, dos mais variados autores, línguas e temas. Realçamos aqui temas como: Arte, História, Filosofia e Literatura.
Um número apreciável de obras de autores nacionais contemporâneos, como por exemplo, Aquilino Ribeiro, José Régio, Vitorino Nemésio, Domingos Monteiro, Miguéis, Raul Brandão, António Sérgio, têm dedicatórias dos autores ao Prof. Pulido Valente.
Podemos também encontrar na biblioteca os livros de Belard da Fonseca dedicados a Francisco Pulido Valente, sobre os painéis de Nuno Gonçalves, assim como algumas obras de seus amigos de juventude Ramada Curto e Carlos Olavo.

Sobre o tema História, existem obras de Duarte Leite, Vitorino Magalhães Godinho, Carlos Malheiro Dias, António Sérgio, assim como a História de Espanha volumes de A. Ballesteros. Podemos também ter acesso a alguns livros de História da Arte, álbuns da autoria de Reinaldo Santos e uma edição monumental de Fausto, de Goethe, oferecida a Francisco Pulido Valente por Viana da Mota.

A parte científica é constituída por livros de Física, essencialmente, em Inglês e Françês. Em língua portuguesa podemos encontrar livros de autores das relações de Francisco Pulido Valente, tais como Bento de Jesus Caraça, Ruy Luis Gomes, Mário Silva, António da Silveira. Entre as obras de Matemática figuram dois tratados – Laurent, Traité d'Analyse e Jordan, Cours d'Analyse – oferecidos pelo Prof. J. Calado.

As obras filosóficas presentes na biblioteca são fundamentalmente de filósofos portugueses (Santana Dionísio, Delfim Santos) e da escola filosófica positivista, estes em alemão.

Do conjunto de obras de Medicina fazem parte livros de Miguel Bombarda e Júlio de Matos assim como de autores franceses, bem como alguns livros de Medicina antigos e outros, oferecidos pela família de Barrancos, versando assuntos ligados à exploração mineira. Entre estes livros provenientes de Barrancos encontramos «O Tio do Dr. Polido», romance envolvendo um antepassado de Francisco Pulido Valente.

Existem também duas colecções de revistas (ainda que incompletas): «Seara Nova», onde foram publicadas algumas traduções feitas pelo patrono, e «Penseé».