Patrono A Fundação Prémio Ensino Prémio Ciência Biblioteca e Espólio Agenda Contactos e Informações
Homepage, Destaques

Pratrono

 
Família

Maria da Conceição

Mulher de Francisco Pulido Valente que com ela casou em 1913. Frequentou o curso de aperfeiçoamento de piano como pensionista do Estado em Bruxelas, em que recebeu o 1.º prémio. Manteve ligações em Portugal com várias personalidades do meio musical, como: Ernesto Vieira, Tomás Borba, Viana da Mota. Referem-se obras sobre música que pertenceram a Maria Conceição e fazem parte do espólio.


Francisco Eduardo

Filho mais velho de Franscisco Pulido Valente, era médico e morreu em 1944 com 26 anos. No texto biográfico em anexo são referidas as suas ligações a Lopes Graça e Álvaro Cunhal, as suas actividades artísticas, políticas e literárias. Podemos encontrar no site a carta de Álvaro Cunhal para Francisco Pulido Valente por ocasião da morte de Francisco Eduardo.


Lúcio Pinheiro dos Santos

Era cunhado de Francisco Pulido Valente e fazia parte da sua roda de amigos, juntamente com Carlos Amaro, Câmara Reys, Ramada Curto e Carlos Olavo. Participou na greve académica de 1907 e teve uma vida atribulada tendo emigrado para o Brasil em 1927 donde nunca mais voltou. Refere-se a sua actividade filosófica, em particular o seu trabalho Ritmanálise, elogiado por Gaston Bachelard, e a sua ligação a Leonardo Coimbra. Refere-se também o retrato em que figura juntamente com Carlos Amaro e Camilo Pessanha.